Que as Ideias fluam neste local de maneira sincera, inteligente e motivante. Que as pessoas sejam livres de expressar as suas opiniões e, se o entenderem, os seus sentimentos. Apenas assim se evolui!!

quinta-feira, 14 de junho de 2018

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Ao microscópio!!

Uma publicação partilhada por Lamartine Dias (@lamartine_dias) a

Pôr-do-Sol

Casario

domingo, 3 de junho de 2018

Visita Complexo Mineiro Romano Tresminas

No dia 2 de Junho passado, por iniciativa do Grupo Cultural Aquae Flaviae realizou-se uma visita guiada ao Complexo Mineiro Romano de Tresminas do Concelho  de Vila Pouca de Aguiar.
Tresminas é uma freguesia portuguesa do Concelho de Vila Pouca de Aguiar, cujo padroeiro é São Miguel.


Igreja de São Miguel

A sua exploração Romana decorreu desde os tempos de Augusto até o de Sétimo Severo, durando cerca de 200 anos. Cerca de 2000 pessoas trabalharam nesse período extraindo cerca de 15 toneladas de ouro que iriam para Roma para a cunhagem da moeda de ouro da época - o aureus. Além disso exploravam-se outros minérios como a prata e o chumbo. Grande parte destes trabalhadores eram gente da região, humilde e que pagavam o seu imposta a Roma sob a forma de jornadas de trabalho (prestações de operae).





Como a densidade de ouro existente era pequena, foi necessário além de juntar a mão-de-obra necessária, criar as ferramentas de trabalho e maquinaria necessária. Surgiram povoados  onde estavam os habitantes originais, os conquistadores e as legiões. Tudo isso deixou vestígios até hoje.

Escavado para acesso às grutas
Detalhe de uma Corta . escavado para aceder às galerias




Urze - predominante na zona



Detalhes de uma das Galerias:

Entrada de uma galeria








As marcas de salitre (a branco) indiciavam a presença de ouro



Sempre acompanhados pela Guia



Um dos poços

Outro poço

Marcas de estudos arqueológicos (a vermelho) sobre vestígios de oxidos ferrosos (a preto)

Um habitante da galeria - Morcego-de-ferradura
Outras galerias pela Região:


Sobreiro

No Centro Interpretativo de Tresminas foi possível ter um conhecimento mais aprofundado de como se processava a extracção de ouro e como estava organizada a sociedade na época em questão.





Na época coexistiam divindades pagãs já existentes na região com as divindades trazidas pelos Romanos.

Estela funerária